Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

27 de jul de 2012

Tire o que Puder de Mim


Tire o que puder de mim, e me lance aos seus leões completamente nua. Tire meu juízo com toda a sua força e destreza ao saber me irritar. Tire minhas armaduras quando pedir que eu entregue o meu coração à você.
    Olhe com todo o ser ar de desafio e me desafore com tudo o que cabe dentro de você. Com tudo aquilo que queres me fazer sentir, misturando dentro de mim, ter você e te odiar ao mesmo tempo. Rasgue-me ao meio, em pedaços, aos cubos, em tiras [...] Só pra te satisfazer, só pra você ver o que é capaz de arrancar de mim.
    Faça o que puder ou o que quiser fazer, tire de mim o que puder tirar, me tenha como quiser ter, mas se remoendo por dentro, ao saber que por trás das curvas, além do desejo, aqui cabe um sentimento preenchido de liberdade com um toque de sensualidade, além dos cabíveis níveis de vulgaridade. Onde você não vai me encontrar, não pode me prender e não pode obrigar a entrega-la pra você.
                 Tire o que puder de mim, mas não te tire de você.

18 de jul de 2012

V De Vingança


As vingativas não mandam matar, não desfilam com um homem melhor, não se transformam num piriguete na academia... As Vingadoras sabem que não há nada melhor que esbanjar uma felicidade redobrada, um bem estar inexplicável, um sorriso cativante e milhares de admiradores.
291919_10150290675244573_571564572_7444165_4854686_n_large   As Vingativas sabem que a sensualidade está naquele bem querer mais que um bem querer e que não há nada  melhor que se sentir bem consigo mesma. E elas sabem que não há nada pior que cultivar sementes podres de mágoas passadas [...] Pois só elas sabem qual a importância de serem as rosas de seu jardim. Se vingam assim, sendo feliz.
   V de Vingança com gosto, de esfregar na cara nada! Isso mesmo! Nada! De não ter do que se queixar e nem colocar pingos nos “I’s” ,  dedicando cada lembrança a um ponto final. Ah, como eles odeiam saber que estamos melhor do que eles e que a vida é bem melhor sem eles. Ah, como eu me sinto vingada saindo na rua, sendo cortejada, recebendo olhadas, ouvindo cantadas. A mordida nos cotovelos vem quando se dão conta de como somos maravilhosas e quão linda nos tornamos após nos livrar do peso nas costas.
     Vem que hoje eu sou a super-heroína, sou a vingadora... E hoje no meu peito o V de Vingança é só mais um V de Vida, Vitória e Valorização.
Tumblr_l4jbv3lskl1qbqsuqo1_500_large_large
               

12 de jul de 2012

Meninas Perdidas


Tumblr_lhey8rixyo1qh6os3o1_500_largeElas estão por ai, a toda parte. Com seus vestidinhos curtos e justos a uma cintura ainda não definida, com coxas ainda não desenvolvidas, comprimindo seios que sequer terminaram de nascer. Elas estão todas na rua, numa sexta feira, prontas para subir numa garupa de qualquer moto e arrasar na balada com seus saltos plataforma de borracha de uma marca ‘carinha’ qualquer.
  As meninas perdidas não querem mais ser chamadas de meninas, já são mulheres, já se descobriram no alto prazer do sexo misturado à essência do álcool, alucinadas pela energia da maconha. Estas, sabem ‘fazer um cara pirar’, são as ‘novinhas perigo’ cheia de rebolado num funk, cheia de audácia numa fotografia, com um juízo que não tem. Cá entre nós, quem é do final dos anos 80 e começo dos 90, o que fazia aos 12, 13 e 14 anos? Idolatrávamos nossas Barbies e fazíamos nossas camas de manhã para que a mãe deixasse brincar na rua, encontrar os amigos, tomar tubaína no saquinho, pedir a bola que caía no quintal de alguém... Éramos meninas e meninos, juntos, sem malícia, tampouco segundas intenções.
     Hoje as meninas que deveriam ter posters de cantores e atores pregados na parede de seus quartos ou chorar por um amor platônico, saem a caça, saem pra beijar, beber, fumar, causar, transar... E sequer sabem dizer porque fazem isso ou sabem explicar qual a necessidade de chamar a atenção dos ‘meninos’ [...] Se desvalorizam por tão pouco, se dão por tão pouco, engravidam pela falta de somente um pouco de juízo e colocam todo seu futuro e um novo ser no mundo, em risco...
        E assim elas vão, casam-se com algum traficante, enchem-se de filho, vivem as custas de alguém que  banquem seus ‘luxos’ com tamancos e vestidinhos ou roupas de marca de pronuncia difícil... Enfim, procura-se meninas perdidas, ou os pais das meninas perdidas, para podermos ajudar na educação,  no incentivo, em exemplos melhores. E cada vez mais perdemos nossas meninas, para a cultura inútil que o país caminha...
                                     
182388_437774076246834_11312043_n_large                            

9 de jul de 2012

Dama na Mesa, Puta na Cama


Tumblr_lqk8wbmlhu1qi1uf9o1_1280_largeUma dama na mesa e uma puta na cama. É o que eles querem, é o que eles gostam. Aquela raridade linda, bem discreta, que mantém as pernas bem cruzadas, com uma pose digna de rainha. Aquela com aquele sorriso encantador, de maquiagem discreta, de fala tímida e tranquila. Que não seduz. Guarda bem os seios numa roupa comportada. A boa nora no almoço de família. A digna e responsável esposa, que ninguém desconfia, que no fundo ela é uma devassa, uma libertina, a mulher de um homem só.
  É o que todo homem quer, mas ninguém assume, ninguém dá o braço a torcer, mas reza para encontrar uma.  Aquela que vai satisfazer suas vontades na medida certa, e que também saberá ser egoísta. Com jeitinho os dois se entenderão. O sexo jamais será monótono, não vai enjoar. Todo dia vai aumentar a vontade de se ver. Dentro dos olhos dela, os segredos que não revela e nos pensamentos dele, a curiosidade dos seus mistérios. Em seu quarto escuro e vazio, nada se comenta. Ela é uma lady, ela é uma promíscua, a puta que ele pediu a Deus. A blasfêmia que ninguém diz no culto da igreja, mas que aquele quarto já ouviu.
Sylvia-ji-24_large  
A dama, faz boa ação. Tão caridosa menina, sempre tão prestativa. Apaixonada por  romance, doida pra ouvir uma declaração de amor em forma de poesia. E mal sabe ela que a própria é uma poesia, a que ninguém assume, a dama e a puta... A crônica da mulher, ou melhor, da mulher brasileira, pois só ela sabe bem como disfarçar! Sabe ser como é..,
... A puta que eles querem e a dama que elas invejam...


  

3 de jul de 2012

Prenda Alguém que Saiba Amar.


Tumblr_ltajnfxgdq1qbom07o1_500_large  Oi seu moço, mande prender alguém que sabe amar, ela fala demais, ama demais, expressa o que sente demais.  Hoje ninguém crê no que é bonito, mesmo sabendo que o bonito ainda existe, tá ali escondidinho, só visto por alguém que saiba amar. Mande prender aquele apaixonado que sem medo da repressão vai mandar flores, e ligar pra dizer só que ama.
    Moço, mantenha numa torre bem alta e para sempre, algum louco ou louca que sabe dizer coisas românticas e se declarar debaixo da  chuva, aquele inconsequente  que pediu a mocinha em casamento, que lhe jurou amor eterno e que com ela sonha em envelhecer.
    O trate da pior forma possível, aonde já se viu: Hoje diz que a vida é curta demais para não aproveitar cada segundo? Que menino ou menina  atrevido! Se ainda houvesse forca por bruxaria, este já estaria morto! Como pode-se deixar viver alguém que ainda ousa praticar amor.
    Prenda alguém que saiba amar, pois nós da sociedade não aceitamos, não gostamos, não queremos. Prenda porque amar é brega e está fora de moda. O acorrente pois ainda somos ignorantes demais para conseguir conviver com a diversidade entre os poetas que amam e os amargos que invejam. Porque nós os incapazes não suportamos sorrisos e ainda assim, somos a maioria....

Valorize o que é bonito hoje para você, o que vale a pena. Valorize o dia e o momento. Valorize o seu pequeno ou grande amor; vamos juntos tornar os que sabem amar a maioria!