Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

8 de set de 2015

Quantos Amores Cabem Numa Moldura?

Andaram me perguntando se eu já estava namorando de novo. Disse que sim.  Ouvi alguns comentários sobre “trocar de namorado como quem troca de roupa”. E olha que engraçado: é uma troca justa!
Roupa quando fica batida, quando não combina mais com nosso estilo e com determinado momento da nossa vida, a gente troca. O mesmo para o amor, quando eu vejo que o amor já não é mais entre duas pessoas e sim entre uma só, eu pego minha pazinha e minha semente de amor e vou semear na vida de outro alguém que esteja querendo cultivar algo dentro de si. Quando o amor já não me cabe mais, e deixa de ser amor para se tornar um misto de problemas e decepções, eu furo esta bolha e parto para um outro alguém que tenha um campo livre que me ar, e que me deixe voar, apenas com a certeza de que meu coração está ali, grudadinho com ele.
 Decoração - Casa | via FacebookFelizmente eu sou assim, eu troco de amor, porque eu sei me doar por inteiro, quero um amor completo, não vou caber onde só enxergam parte de mim; pois apesar do pouco tamanho que tenho, a alma é imensa, transborda intensidade e quer alguém que a aceite assim.
Não troquei os sonhos, os quadros são os mesmos, com poucas modificações, mas as molduras sim, estas são novas, assim como o amor que se modifica cada vez mais dentro de mim, cada vez mais meu para enfim poder ser de alguém. Eu não troco de namorado, troco de amor. Amo o quanto dá, vou em embora quando for preciso. Vou morrer amando, talvez essa seja a terrível maldição de quem só quer o bem, morrer de amor, morrer amando, sem incomodar ninguém, apenas procurando um canto que a caiba como for...

 Coroa de flores 😍

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.