Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

20 de jun de 2012

É ele ou o Corpo dele?


Do que você precisa? É ele ou o corpo dele? O que realmente te atrai, os beijos dele ou a sua necessidade de tê-lo por ter? Você se lembra dos motivos pelos quais você se apaixonou por ele? E agora, depois da turbulência, o que pesa mais, o amor que sentia ou o ponto que os trouxe até aqui?

   São dúvidas cruéis, até mesmo uma automutilação que acontece no corpo e na alma de quem não sabe ao certo que rumo a sua vida tornou. São pessoas, na maioria das vezes que se deixam levar livremente por homens e seus corpos pecadores. São mulheres que abdicam-se de todos os seus sonhos, princípios e orgulhos feministas por homens, que sequer, sabem o significado da palavra respeito, quanto mais amor. São pequeno moleques que se entopem de adrenalina corporal, esculpidos por uma academia qualquer que os moldam deliciosamente e em troca comem-lhes o cérebro sem pensar duas vezes. Como vender a alma ao diabo, eles abrem mão de serem homens para serem apenas ‘os gostosos de uma balada qualquer’.
  Do outro lado, pesando por igual, estão elas, mulheres que deixam-se levar por pura aparência, pelo simples motivo de ter um cara esteticamente perfeito, com uma decadente performance sexual e algumas fotos no facebook...

   Penso que estes dois se completam, a obcecada e o descerebrado... Agora se você quer um amor pra toda a vida, pense: É ele ou o corpo dele que você quer?  Ele te faz feliz por chamar atenção na rua ou por te roubar um beijo na chuva???   Esqueça o estereótipo,  homens estão para corpo, como mulheres estão para autovalorização. Se estiver mesmo querendo descobrir  os caminhos da felicidade e encontrar a química exata do amor, dê então, uma oportunidade aqueles caras que cuidam de você sem pedir em troca, e veja  o resultado. =)  

4 comentários :

  1. Me apaixonei por tais palavras e vibrei com cada vírgula.

    De fato, as pessoas movidas por desejos carnais talvez nunca tenham refletido sobre o que vai acontecer, quando este já não for o mesmo ou quando o tempo de vida começar a dar sinais. É preciso saber que a relação movida apenas pela atração física acaba, assim que ambos satisfazem o desejo carnal. E o que vai sobrar é um apontando para o outro e reclamando o tanto de tempo que perderam, ou talvez pior: alguns nem voltam a se entreolhar.

    O problema é que não souberam ponderar, como você afirmou, sobre qual era o sentimento verdadeiro que atraía aquela relação. Quem tentar compreender o amor partindo-se de algo que pode ser tocado (como o corpo físico) morrerá sozinho. Isso porque ninguém ama algo que seja realmente visível. Amamos justamente aquilo que não podemos ver: como as palavras, a química, os pensamentos e o caráter. Mas o fazemos porque aquilo que não vemos podemos sentir melhor. Experimente fechar os olhos e sentir o que está ao seu redor, as impressões de fato são mais vívidas. Assim é o amor. Receio que aquele que ama apenas o que enxerga com os olhos físicos fique cego com o passar do tempo.

    Mas ainda assim a escolha é de cada um. Existem pessoas que vêm à este mundo com grande carência, tentando completar os espaços vazios com coisas palpáveis aos sentidos. Mas há aqueles que conseguem expressar o ilimitado dentro do limitado, como um artista plástico que pode criar ilimitadamente o que sua mente desejar dentro de uma tela limitada. É este rumo que o amor deve seguir.

    Beijos,
    Felipe Cohen.

    ResponderExcluir
  2. adorei =]
    e a foto tá demais rs

    Para dar as boas vindas ao inverno, o Fashion Jacket fez um post com a cor que é a cara do frio: o bordô. Confira: http://goo.gl/PKyKH

    Beijos

    Nathália - Fashion Jacket
    http://fashionjacket.blogspot.com.br

    FacebookTwitterTumblr

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que texto ual, nem tenho palavras, o do Felipe tbm, mtmt lindo .. amei dms *-*, a sociedade esta ficando cada vez mais sem cerebro --'


    Passa e comenta ? Obrigada *-*
    http://estiloofemininoo.blogspot.com.br

    Super beijos,
    Marianna.

    ResponderExcluir

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.