Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

27 de jun de 2012

Era Amor...


E era um amor tão grande, era uma saudade tão grande, era um ódio tão grande. Era tudo. Era você. Ao mesmo tempo que eu sentia uma imensa vontade de te abraçar, eu sentia a mesma vontade de sufocar você até a morte. Era tudo. Era amor.
Em nossas brigas e no silêncio da madrugada que denunciava arrependimento de tantos gritos colados na parede. Era tudo, era nada, tantos detalhes, e coisas e, questões... Tantas palavras que mofavam nos cantos aonde ficava a infiltração do nosso relacionamento. Era mágoa. Era saudade.
   E todo aquele contexto, todas aquelas gotas de esperança que embalaram o nosso momento: O beijo, o cheiro, a saudade. O “Eu Te Amo” sussurrado, o abraço bem apertado, os olhos lagrimados. Era recomeço. Era lembrança. E em mim, eu acendi faísca de sorte. De esperança. De um novo tudo. Aos poucos vi você ir, sumir, fugir, rir.
   Era amor, tudo aquilo guardado no fundo dos nossos olhos, com a imensa vontade de se ver, de tentar. Sem recuperar o tempo perdido, só querendo fazer mais tempo, uma vida toda, um  caminho incerto a seguir.   E em nada, éramos erro. Era amor.

2 comentários :

  1. Owwn que lindo!


    Beijos

    Jéssica - Fashion Jacket
    http://fashionjacket.blogspot.com.br/


    FacebookTwitterTumblr

    ResponderExcluir
  2. Lindinho hehe
    vim agradecer sua visita de um tempo atrás :)
    obrigada e volte sempre !
    beijinhos
    www.julianaleiteg.blogspot.com

    ResponderExcluir

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.