Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

23 de ago de 2012

Cara


Cara, você é tão tudo! Cara você é aquela estrofe que a gente decora rapidinho e não sai mais da cabeça. Cara você é aquela poesia que fala sobre um monte de coisas, até sobre uma  jarra de barro, que todo mundo acha bonito, se encanta e copia no caderno. Cara você é aquele dia de domingo bem chuvoso e com nuvens escuras que nos faz ficar de pijamas abraçados no sofá o dia todo. Cara, você é aquela coisa que a gente tem vontade de comer bem tarde da noite, mas não sabe o que é, só sabe que é diferente, que tem um gosto que surpreende, que faz querer mais.  Cara você é tanta coisa, aquela sensação boa que não cabe em mim, que faz eu me senti em ecstasy, que me deixa suando frio, me causa aquele arrepio no meio da espinha.
    Cara você é todos aqueles gestos de paz e as manifestações por liberdade, todos os sintomas de amor, todos os traços de vaidade. Cara você é aquele sentimento indescritível de uma mãe quando vê seu filho pela primeira vez, e a parte da despedida de mais um dia. Cara você é aquela pessoa que me causa medo, um medo diferente que me faz arriscar, que me faz querer subir e descer na sua montanha-russa de novo, e de novo, e de novo. É você cara, aquele fantasma que vela o meu sono,  visita meus sonhos e acode o pesadelo. Aquele que não faz questão de me compreender, que não está nem ai pra minha TPM, que não se importa que eu saia de cara lavada. Aquele cara que vai ser o cara quando eu mais precisar dele, e que vai assumir o mundo quando eu estiver para perder o controle!
Cara você é simples assim, mais um cara diferente de todos os outros caras. Ei cara, você consegue fazer o mundo de alguém melhor, mais feliz e mais bonito; consegue arrancar sorrisos, consegue fazer entender que é o cara que importa, pra fazer  a vida de alguém completa.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.