Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

23 de dez de 2011

Depois da meia noite do dia 24

  Depois da meia noite do dia 24, quando os presentes já estiverem sido entregues, depois de toda ceia devorada e as sobras já estiverem em vasilhas com papel alumínio no forno, depois de todos os parentes chatos e bêbados já estiverem ido embora, depois que levaram a vó que estava roncando no sofá, quando o especial do Roberto Carlos acabar...
   -
  Vamos para casa, demore para sair do carro, me siga até o banheiro quando ouvir o chuveiro desligar, vou procurar minha roupa de mamãe noel que comprei escondido e guardei numa gaveta para você não achar. Não se surpreenda quando me ver encostada na soleira da porta, com aquela minúscula lingerie vermelha com pompons brancos no lugar da renda. Não repare no meu corpo, se concentre no contraste entre a cor da minha pele e o vermelho da peça, se concentre no perfume que estarei usando e naquelas ultimas gotas de água que insistem em deslizar pelo meu corpo.
   -
   Mais tarde, foque no presente, em mim, no meu contorcionismo, na nossa noite de natal, naquela garrafa de vinha virada vazia no chão, nas taças ainda meio cheias, na nossa bebedeira. Se concentre nas nossas risadas altas, no quarto girando, na alucinação chegando.
  Acordaremos dia 25 com aquela baita dor de cabeça, com olhares cúmplices, sem vontade de ir almoçar em família, olhando para o quarto todo bagunçado, nas paredes que acolheram nosso pecado, o presente de natal, no depois da meia noite do dia 24...

Tumblr_lwf9qghrri1r60etuo1_500_large

2 comentários :

  1. Meu Deus!!! Amei o texto, e se o contexto é realmente este... Mamãe, quero voltar a inocência!

    ResponderExcluir

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.