Direitos Reservados

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

20 de dez de 2011

O que te desanima na hora da pegada?!

   * Texto especial da Laís Dias

    Todo mundo curte falar umas sacanagens com o seu parceiro na hora de uma pegada mais quente certo? Certíssimo!

Só que cada pessoa é diferente da outra, umas curtem falar coisas mais hardcore (palavras mais pesadas) , curtem ouvir palavras chulas e vulgares, acham isso super excitante. Outras já broxariam facilmente com isso, e preferem não falar ou ouvir certas palavras, nem levarem xingos, apenas deixam subentendido, sem falar exatamente onde vai fazer o que, mas ainda assim o outro entende, fica implícito, fica óbvio.

O fato é que existe todo um tempo pro casal se conhecer melhor, isso pode levar tempo, e é normal. Só porque acontecem uns erros no meio do percurso, não quer dizer que o casal não seja compatível! O único jeito de saber e descobrir do que o outro gosta é na base do teste. Se você não gostar do que ouviu, diga pra ele/a, isso vai facilitar muito a vida de vocês. Não precisa ter vergonha, ta na chuva é pra se molhar, já dizia nossa avó! Afinal, tudo se resolve na base da conversa, acredite.

Se tiver algum fetiche diga, se tem alguma fantasia diga. Diga tudo o que tem vontade de fazer, você pode se surpreender com o resultado que pode ter. Pode ter seu desejo realizado, ou pode ouvir um belo não. Mas qual o problema de ouvir um “não” afinal? Um dia todos pedem algo que sentem vontade de fazer e acabam ouvindo um sonoro “não”. Se você pode falar um não, também pode ouvir um. O que não pode é ficar imaginando e desejando querer realizar algo, sem saber se seu parceiro toparia ou não.

Algumas pessoas curtem levar uns tapas e se deixarem ser dominadas. Você não gosta? Então diga, deixe isso bem claro, afinal, levar tapa se você não curte, por mais de leve que seja, acaba sendo broxante. Vale a pena lembrar que tapa no primeiro encontro não rola, além de afastar a mulher, sua fama correrá como o vento, um erro que pode colocar sua integridade em jogo!

Outras pessoas querem mesmo é ser a parte dominadora. Ambas as partes são ótimas, na minha opinião. O importante é que ambos se divirtam, se importem em satisfazer o parceiro, e não apenas se importar com si próprio.

Existe momento certo pra tudo. Pras palavras hardcore, pro momento amorzinho...etc. Desde que aja uma variação das brincadeiras, ta tudo certo. O legal é deixar rolar, e descobrir aos poucos do que o outro gosta mais, e não deixar cair na rotina.

Outra coisa: BEIJE, beije muito, aproveite disso, não há nada mais sedutor do que um beijo bem dado. É no beijo que você sente e/ou demonstra o que quer fazer no momento. Se vocês não se beijam, é porque provavelmente não existe mais paixão, nem amor, como já dizia Rita Lee: " Sexo sem amor, é vontade!"


Um comentário :

  1. Muitooo loko... Parabéns pelo texto! Pura realidade.

    ResponderExcluir

Divida conosco sua opinião, seu carinho e seu Pecado.
Deixe seu link.